Dia 9 de julho: 80 anos desde o maior movimento popular do Brasil

Dia 9 de julho é lembrado o feriado da Revolução Constitucionalista de 1932 no Estado de São Paulo. Talvez porque esta não seja uma data nacional, talvez porque foi instituída há apenas 15 anos, ou talvez porque não conhecem seu forte significado, muita gente só se dá conta da data “em cima da hora”, mas a data representa um marco para a história de São Paulo e neste ano a Revolução completa 80 anos.

Imagem: Divulgação

A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento armado ocorrido no Estado de São Paulo entre os meses de julho e outubro de 1932 e tinha como objetivo principal mudar a constituição (por isso o nome), derrubar o Governo Provisório de Getúlio Vargas e promulgar uma nova constituição para o Brasil. Esta foi a primeira grande revolta contra o governo de Getúlio Vargas e o último grande conflito armado ocorrido no Brasil.

No Brasil já não havia eleições e os governantes eram substituídos por interventores de outros estados escolhidos por Vargas. Contrários às atitudes autoritárias de Getúlio, os paulistas passaram a lutar por mais democracia e mais participação política. Homens e mulheres, estudantes, políticos e donos de indústrias, cerca 135 mil pessoas, participaram da revolta que deixou mais de 900 mortos em três meses de combate.

A Revolução Constitucionalista é considerada a maior mobilização popular do Brasil e foi por meio dela que o Brasil conquistou uma nova Constituição em 1934.

Veja também:
Revolução Constitucionalista completa 80 anos e recebe homenagem

Deixe uma resposta