Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher

Publicado em 16/3/16 às 11h49
Publicidade

Marici Acioly

Eu não me considero feminista e acredito que o NossoPai Criador tudo faz com perfeiçāo.
Criou a vida no mundo, fez o homem e também fez a mulher. Se fez o homem primeiro, talvez, lhe tenha dado a entender que ele deveria ser sempre o chefe, o patrão, o dirigente, o mandatário.
E a mulher foi ficando relegada ao esquecimento, ao segundo plano , com as obrigações dos trabalhos do lar. Então, talvez, como ela se sentísse muito sozinha, o Senhor da Vida com a sua sabedoria e sensibilidade, pôs-lhe no ventre uma semente e a fez Mãe.

E com a Maternidade, brilhou-lhe intensa luz de amor no sentimento. Mas durante séculos a mulher esteve escondida, como se não tivesse inteligência. Porém, era muito capaz de aprender, de criar, de pensar, de fazer, de sonhar…

E com o decorrer dos milenios, admiravelmente, elas apareceram no mundo e galgaram posições de destaque em muitos setores da Sociedade. Vejam lá, desde as histórias da Bíblia Sagrada as encontramos : Rute, Lia, as muitas Marias, entre elas a de Magdala e a Mãe de Jesus, e ainda Joana D’arc, Marie Curie a Rainha Elizabeth da Inglaterra, Anita Garibaldi, Ana Neri, Madre Thereza de Calcutá entre tantas outras mulheres fantásticas, que deixo de citar.

Hoje, a mulher disputa com os homens altos postos na Indústria, no Comercio, no Judiciário, no Jornalismo, na Política , na Comunidade enfim. E se saem muitíssimo bem, embora não recebam os mesmos salârios que recebem os homens. O que acho uma grande injustiça!

Mesmo aqui, em nossa Jacareí, quantas mulheres brilharam e brilham em vârios setores da nossa comunidade! Cito, entre outras, D. Yolanda Chieff, D. Delma Assad,( destaques nos trabalhos de Benemerência). Outras que alçaram voos políticos como Rose Gaspar, Ana Lino, Nydia Natali, Sonia Ferraz, D. Sonia Bonano Cruz e a querida Inez Valezi proprietária desse conceituado Semanário. Muitas outras brilham onde se encontram: nos lares, nos afazeres que abraçam, fazendo acontecer o que escolheram. São muitas!

No ano de 1991, na Fraternidade Espírita Cristã Batuíra resolvemos iniciar um Curso de Orientação Maternal, contemplando as Gestantes mais necessitadas da nossa Cidade.

Até hoje jâ atendemos quase (5.000) cinco mil mãezinhas com aulas diárias, almoços e lanches, Cursos Profissionalizantes, Enxovais de Bebês e de Maternidade para as Mães e Cestas Bâsicas. Grande parte dessas Mulheres melhoraram suas condições de vida, materialmente e moralmente. Podemos encontrâ-las trabalhando no Comércio, na Indústria ou como autônomas, desempenhando funções para as quais os Cursos que oferecemos as prepararam.

Com certeza, são melhores Mães, mais amorosas e presentes na vida dos seus filhos, cidadãs mais responsáveis.

São pessoas corretas, capazes de transformar para melhor as suas vidas e a vida da Cidade.

Esse nosso sonho se concretizou porque trabalhamos, persistentemente, para a construçāo de uma sociedade mais harmoniosa e mais feliz.

MULHERES! Força mais doçura, persistência mais coragem, compreensão mais amor…
Elas podem fazer e farão a diferença!

Marici Accioly

Marici Accioly é diretora do Batuíra Projeto Renascer, que ampara gestantes, e da Fraternidade Espírita Cristã Batuíra

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade