Opinião de 12 de dezembro de 2014

Publicado em 12/12/14 às 10h58
Publicidade

Semanário Educação
O Semanário lança na próxima segunda-feira o seu caderno com o tema “Educação”. O Semanário Educação é um projeto novo e abrangente, que tem como finalidade, além de divulgar os serviços educacionais da cidade, abrir espaço para discussão de assuntos relacionados à Educação e notícias relevantes a respeito do processo educativo, com o foco tanto em professores quanto em alunos e pais de alunos. 

Tradição
A tradição de publicar um veículo com enfoque educativo já é antiga para o Semanário, que chegou a publicar diversas edições do “Semanarinho”, com conteúdo destinado ao público infantil. Agora, com perfil reformulado, o Semanário Educação terá uma rotina de publicações durante o ano.

Debate
A necessidade de se falar de educação é latente, não só em termos comerciais – também importantes devido à crescente demanda por cursos não só para o público infantil. É urgente que uma revolução na aplicação da educação no país aconteça, não apenas em oferta pública de cursos, mas também em termos de qualificação dos conteúdos e dos profissionais de ensino.

Currais
O Brasil é um país de história colonialista, e por conseqüência, supressor dos estímulos à educação de massa, interessante para detentores de poder econômico abusivo, apegados a conduzir o “curral” conforme seus interesses. A democracia evolui no país, aos trancos, mas solidamente, porém, mesmo sob um governo trabalhista, de viés de esquerda, a revolução mais importante e esperada não aconteceu – pode fazer parte de sua estratégia de poder amansar as massas por enquanto.

Momento
É momento de revolucionar a educação, principalmente porque o momento é singular – a educação é revista em todo o mundo, que vê estruturas de conhecimento serem questionadas e até um dos fundamentos civilizatórios, a escrita, sofrer uma mudança de paradigma, tornando-se obsoleta diante do predomínio digital.

Participação
Momento especial vive, também, a sociedade brasileira, quanto à sua participação na política. Nunca antes o brasileiro – incluindo o jacareiense – esteve tão antenado nas discussões que acontecem no Legislativo. Vale mencionar a recente participação na audiência da Santa Casa. Agora, sob pressão dos representantes da classe dos educadores, a Câmara deixa para o ano que vem a votação do Plano de Carreira do Magistério, que não satisfez a categoria – que também acusa ter tido pouca participação no debate.

Fique ligado!
O cidadão quer, cada vez mais, ficar por dentro do que se fala, pensa e faz com a Educação do Brasil, e o Semanário fará seu papel de fornecer conteúdo para sua reflexão. Não perca as publicações do Semanário Educação

 

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade