Fatos e Boatos: Política Nova é a Política da Verdade

Publicado em 15/5/15 às 4h41
Publicidade

* Ana Abreu – Presidente Partido Socialista Brasileiro – Jacareí 

A construção política em nosso país tomou uma proporção em que esquemas ilícitos se estruturam na mentira e se fortalecem para assim negar a boa prática da mesma. Precisamos compreender que feita de maneira vergonhosa não nasce somente nos grandes espaços de poder, ela pode nascer em simples situações do nosso cotidiano. A política velha é aquela que se estrutura na mentira dos boatos, nas falsas falas. A sociedade manifesta insatisfação em relação aquela feita à maneira antiga, mas quantos assumem o trabalho de construção para mudar a lógica, poucos se engajam em partidos políticos, assumindo a posição de liderança ou a condição de uma candidatura.

Para avançar precisamos mudar a lógica, no processo político vamos presenciando incoerências. Pedem a mudança da política ética, mas utilizam mentiras para edificar o falso discurso. Pede-se a política nova com a lógica da estrutura da velha, o que é uma contradição. Nesse contexto é que observo as autorias em diferentes espaços, ações que se manifestam de maneira covarde espalhando BOATOS que configuram, pela falta de conhecimento das pessoas, em uma onda de mentiras.

Passamos por uma crise ética na política por que passamos por uma crise ética na sociedade. Quem faz um setor ser ético ou não são os homens e as mulheres que neles trabalham. Sendo assim, não adianta ficar na posição de analistas da política, temos que assumir atitudes próprias, organizar novas propostas, motivar grupos, argumentar com conteúdo e apresentar projetos. Quem assume, com AÇÕES CONCRETAS para a construção da mudança? Quem sai da zona de conforto e contribui para formar pessoas, lideranças e caminhos?

Há quem, em nome de seu egoísmo e de sua falsa liberdade, se mantenha em cima do muro para apontar o certo e o errado. E lavar as suas mãos em relação ao CAOS que vivemos, esse perfil é o que mais fortalece a velha política, a política do discurso. Precisamos combater os donos das falácias e das mentiras. Mudar uma lógica não é fácil, mas é possível. Estamos a favor do povo e os diálogos democráticos devem se pautar em argumentos críticos. Vivemos hoje o fortalecimento do ódio, o que nos distancia de uma real saída do caos, que foi construído em nossa sociedade. O caos da falta de amor, o caos da clareza do que é um projeto político a favor da coletividade.

Gilberto Gil em uma de suas belas composições nos diz: “O povo sabe o que quer. Mas o povo também quer o que não sabe” penso que podemos fortalecer a concretização de um novo querer para a nossa gente.

Finalizo afirmando que podemos ser oposição mostrando que temos mais que ODIO, temos AMOR e por isso lutaremos para a grande MUDANÇA. Os FATOS vencem os BOATOS, assim como os verdadeiros vencem os mentirosos.  Viva a nova política!

 

Ana Abreu é Doutora em Educação. Currículo: PUC SP/ Mestre em Educação: Psicologia da Educação PUC SP/ Mestre em Educação UBC Mogi das Cruzes SP. Professora e Pesquisadora Universidade Federal de Alfenas MG/ Coordenadora da Pós Graduação. Autora de Livros didáticos e paradidáticos. Consultora e Palestrante em  Gestão Públicas e Privadas. Presidente  Partido Socialista Brasileiro Jacareí SP. Fundadora e Presidente do MOVE – Movimento pela Qualidade da Educação Pública .

Comentários

  1. Agnaldo Costa

    Graças a Deus, nos foi enviado essa pessoa para mudar a política velha para um novo conceito de fazer política em Jacareí

    Eu apoio.
    Ana Abreu PSB’40

    responder

Deixe um comentário

Publicidade