Nível de emprego na construção começa a cair em São José dos Campos

Publicado em 14/7/15 às 10h10
Publicidade

Segundo pesquisa elaborada pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas), em maio, o nível de emprego na construção em São José dos Campos teve queda de 1,73% na comparação com abril, com o fechamento de 252 postos de trabalho. Com isso, ao final de maio o número de trabalhadores do setor no município era de 14.346. Comparado a maio de 2014, o indicador foi negativo em 9,54% – com redução de 1.513 postos. No acumulado do ano contra o mesmo período de 2014 a retração foi de 8,25%, menos 1.314 empregos.

Já em Jacareí, a variação entre abril e maio foi positiva em 0,45%, com acréscimo de 10 postos. Se comparado com o mesmo mês de 2014, o indicador é positivo em 8,79%, 182 empregos. No acumulado do ano contra o mesmo período de 2014 a pesquisa apresenta saldo positivo de 8,90%, com 183 postos. Em maio, Jacareí contava com 2.252 trabalhadores no setor.

Estado de São Paulo – Em maio o nível de emprego no estado de São Paulo registrou queda de 1,23% em relação a abril, com o saldo entre contratações e demissões negativo em 10.284 trabalhadores. Nos primeiros cinco meses do ano, o indicador apresenta saldo negativo de 12.024 vagas, com retração de 1,43% em relação a dezembro. Com isso, ao final de maio o número de trabalhadores do setor empregados no estado totalizava 826,8 milhões.

No acumulado do ano em relação ao mesmo período do ano anterior, o indicador registrou retração de 6,27%, com o fechamento de 55.965 vagas. Em relação a maio de 2014, a queda foi de 7,27% (-64.828 vagas).

Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Carteira de Trabalho

Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Carteira de Trabalho

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade