Mil pessoas foram atendidas por falso médico na Santa Casa

Publicado em 28/9/17 às 5h49
Publicidade

Na quarta-feira, dia 27, os vereadores de Jacareí realizaram uma reunião com a secretária municipal de Saúde, Rosana Gravena, e membros da Nefrocor (empresa terceirizada que realiza contratações pela Santa Casa de Misericórdia), para esclarecimentos em relação à contratação do falso médico que atuou durante três meses na unidade de Jacareí. O falso médico prestou cerca de mil atendimentos durante o período em que esteve na unidade.

“O homem prestava atendimento como clínico geral no Pronto Socorro, e foi contratado depois de ter todas suas documentações, legais e técnicas, checadas e conferidas pela equipe da Santa Casa”, explicou o diretor da Nefrocor José Cláudio Mancilha, que também é médico cardiologista.

Ainda segundo Mancilha, a Nefrocor instaurou uma comissão interna para investigar todas as consultas e prontuários de pacientes atendidos durante o período em que o falso médico atuou na Santa Casa. “O hospital já está em contato com os pacientes para que uma nova consulta de avaliação seja realizada a partir da próxima semana”, afirmou.

O falso médico teve sua identidade descoberta na tarde da última sexta-feira, dia 22, por uma enfermeira da unidade, que denunciou o caso à superintendência do hospital. “Imediatamente após a denúncia, a gerência da Santa Casa foi procurar o médico para cobrar esclarecimentos, mas foi surpreendida com o seu desaparecimento”, completou José Cláudio.

Segundo a secretária de Saúde de Jacareí, o caso se trata de estelionato cometido contra a empresa gestora da Santa Casa. “Logo após o ocorrido, a direção do hospital registrou boletim de ocorrência no 3º Distrito de Polícia, que está investigando o caso do falso médico, que está foragido”, disse Gravena.

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade