Atividades aquáticas estão paradas desde o início do ano no EducaMais Centro e São João

Publicado em 8/11/17 às 1h10
Publicidade

As aulas de natação e hidroginástica nas piscinas dos EducaMais Centro e São João foram suspensas no começo do ano para reforma e manutenção, mas alunos reclamam que a previsão do retorno, prometida para o início do segundo semestre, até agora não foi cumprida.

Na época, a prefeitura informou que as duas piscinas do EducaMais Centro apresentavam problemas nos ralos e que não estavam em conformidade com as normas de segurança. Uma bola de basquete está sendo usada para a “proteção” do ralo. Outros problemas também foram apresentados, como infiltração e deterioração da parte elétrica e na casa de máquina das piscinas que são aquecidas. No EducaMais São João, o maior problema era uma vazamento 32 mil litros de água por dia em uma das piscinas.

“A prefeitura disse que faria a reforma e até agora não foi feito nada. A previsão era até o início do segundo semestre, mas os funcionários não dão muito retorno sobre quando volta ou sobre as reformas”, comenta Glaucia Veloso, uma das alunas de hidroginástica que se sentiu prejudicada com a paralisação.

Em nota a Secretaria de Educação informou que todo o processo para a regularização do uso das piscinas em todos os EducaMais segue em licitação. A pasta ainda reitera que segue empenhada em regularizar a situação o quanto antes.

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade