Pronto-socorro adulto vai para UPA Thelmo Cruz

Publicado em 8/11/17 às 1h08
Publicidade

A Prefeitura de Jacareí assinou o contrato com a Sociedade Beneficente Caminho de Damasco – SBCD para a gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Meia-Lua e da ala adulta da UPA 24h Dr. Thelmo de Almeida Cruz. O termo aditivo é no valor de R$ 2.660.200,00, além de um investimento de R$ 960.368,79 em equipamentos para a nova ala. Atualmente, o serviço de pronto atendimento é realizado na Santa Casa de Jacareí. Com a inauguração da ala adulta da UPA, o serviço vai desafogar a Santa Casa.

O setor da ala adulta contará com quatro consultórios médicos, 12 leitos de observação adulto (dividido entre feminino e masculino), oito leitos para emergências, 20 leitos de medicação, contará com duas enfermeiras no acolhimento dos pacientes e um leito de isolamento. A entidade também ampliará o espaço físico da farmácia, para mais comodidade na dispensação de medicamentos. Já os serviços de raio-x serão compartilhados com a ala infantil.

“Já estamos com um retorno de satisfação da UPA infantil muito positivo. Queremos manter a mesma política de trabalho nessas novas frentes para que possamos atuar com a maior eficiência dentro dos recursos disponíveis. A Caminho de Damasco se compromete a prestar os serviços que a cidade merece com excelência e seriedade”, afirma o presidente da Caminho de Damasco, Luis Antônio PicerciHerci.

Meia-Lua – O contrato para gestão da UPA do Parque Meia-Lua é de R$ 6.211.406,68, com vigência de 12 meses e possibilidade de renovação por mais 60 meses. Sob a gestão da SBCD é previsto que seja implantado na unidade serviço de raio-x, laboratório de análises clínicas, adoção de novos protocolos clínicos e enfermagem e novos fluxos de atendimento. Além disso, é previsto que o prédio receba adequações estruturais visando a separação entre a unidade básica de saúde do bairro e a UPA, que atualmente funcionam simultaneamente no mesmo prédio.
A Santa Casa de Misericórdia , continuará recebendo atendimentos do pronto-socorro e servindo de hospital “retaguarda” para pacientes encaminhados pelas UPA’s, quando for necessária atenção hospitalar. As atividades da entidade na gestão das unidades de saúde iniciam na primeira quinzena de 2018.

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade