Até quando, prefeito? Até quando?

Até quando, prefeito? Até quando?

Publicado em 17/1/18 às 5h20
Publicidade

Até quando vereadores? Até quando Mobilidade Urbana? Até quando Infraestrutura? O Semanário tem relatado inúmeros casos de pessoas que se acidentaram durante o trajeto pelas calçadas tortuosas e esburacadas da cidade deixando nelas grandes sequelas. As calçadas irregulares são um problema grave na região central de Jacareí.

Na tarde de segunda-feira, dia 15, a diretora do Semanário Inez Valezi, andando pela região do Largo do Rosário, tropeçou em um dos buracos na calçada da Rua Pedro Souza Ramos, que é desnivelada, cheia de pedras em função de uma construção que se encontra no mesmo local e falta de ladrilhos. O acidente lhe ocasionou um corte profundo no lábio inferior com grande perda de sangue, lesão e corte no braço direito e nos joelhos, inchaço, fortes dores, distorção e pancada no braço esquerdo, impossibilitando-a de trabalhar.

No momento da queda, Inez foi socorrida por um rapaz que passava pelo local.

A fiscal de prevenção Gisele Souza, que trabalha nas imediações, comenta que já presenciou diversos acidentes semelhantes com transeuntes, tanto idosos quanto jovens e crianças. “Sempre acontece de alguém cair aqui na frente. Várias vezes os idosos tropeçam nas calçadas daqui do centro”, enfatiza Gisele.

Jessica Andreza Mucheironi, vendedora de uma loja centro, afirma que viu uma senhora ser atropelada por uma bicicleta em frente ao seu trabalho. “A idosa estava andando pela calçada, tropeçou no meio fio e foi atropelada por uma bicicleta. Poderia ter sido muito pior, mas as calçadas de Jacareí são um lixo”, relata.

Ao caminhar pelo centro, os munícipes muitas vezes precisam lidar com obstáculos no caminho. Quem sofre mais com esse descaso são os idosos e os portadores de mobilidade reduzida. Em diversas ocasiões, o Semanário relatou os diversos problemas causados até com ferimentos graves em pessoas que são prejudicadas pela falta de infraestrutura e mobilidade.

Em 2016, a munícipe Izilda Pereira de Souza, de 62 anos, também foi vítima das calçadas de Jacareí.

Ela caminhava pela calçada da Praça Conde Frontin quando pisou em umas das grades dos ralos de escoamento de água que estava volta e acertou sua perna. Na época, Izilda fez um boletim de ocorrência e hoje precisa conviver com a marca do acidente deixado em sua perna.

Já em outra ocasião, na edição 963 do dia 20 de janeiro de 2012, o Semanário relatava casos de problemas nas calçadas de Jacareí. A autônoma Marília Coutinho e sua mãe Ilda, na época com 78 anos, temia a irregularidade das calçadas, então a idosa andava sempre pelo meio fio, porém dona Ilda pisou em um dos buracos no asfalto e caiu. O impacto fez com que dona Ilda tivesse uma mão imobilizada, um joelho inchado e hematomas nos seios.

O Semanário tem relatado e mostrado os sérios problemas que a cidade enfrenta. São muitos problemas a serem resolvidos, mas as calçadas mal cuidadas tem causado excesso de transtornos aos munícipes.

A Câmara de Vereadores montou uma comissão em novembro do ano passado com o objetivo de estudar a regulamentação das calçadas, mas até agora não vimos nenhuma ação sendo feita. A função da Secretária de Mobilidade Urbana é garantir as melhores condições de segurança e fluidez no deslocamento das pessoas, assim como a Secretária de Infraestrutura que deveria fiscalizar as obras públicas, mas não temos visto nada a ser feito. Por isso perguntamos: até quando vamos continuar a ver pessoas se acidentando e além de passar pelo transtorno do acidente, não tem a assistência médica adequada para cuidar de suas sequelas. Até quando? Até quando?

No Código de Trânsito Brasileiro, as calçadas urbanas figuram como bens públicos municipais. São inconstitucionais as leis que imputam a responsabilidade precípua pela sua feitura, manutenção e adaptação aos particulares proprietários de imóveis urbanos.Torna-se inconstitucional qualquer iniciativa municipal que impute aos proprietários de imóveis a responsabilidade quanto a feitura, manutenção e adaptação de calçadas urbanas.

#IMG_5062 Inez

Inez Valezi viveu a experiência de dezenas de pedestres acidentados nas calçadas de Jacareí

Acima, uma pequena amostra de irregularidades nas calçadas da cidade

Leia também:

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade