Fisioterapia pélvica: importante durante a gravidez

Publicado em 26/2/18 às 4h29
Publicidade

Você conhece o tratamento de fisioterapia pélvica? Trata-se de exercícios, coordenados por um profissional, que, entre outros benefícios, preparam o corpo da mulher para as mudanças físicas causadas pela gestação e para o parto. O tratamento pode ser iniciado após liberação do seu obstetra em qualquer mulher em boa saúde.

A dica é dada pela fisioterapeuta Josimeire Toledo, que atende em Jacareí na Clínica Valério, especializada na técnica. Ela comenta que há uma crescente preocupação da mulher em buscar o parto humanizado, o que torna importantíssimo o exercício do assoalho pélvico. “Mas, seja a opção parto normal ou cesárea, quando o útero cresce pressiona todos os órgãos que estão em volta, e para o corpo conseguir se adaptar a todas essas mudanças e ao peso do bebê é preciso trabalhar (alongar e fortalecer) a musculatura pélvica”, explica Josimeire.

A fisioterapia não é garantia de um parto normal mas auxilia a mulher para que a natureza possa agir. Mesmo assim, se por algum motivo a via natural não for possível toda a musculatura já estará preparada, prevenindo complicações futuras, como por exemplo incontinências urinárias e prolapsos (bexiga e útero caído).

Além disso, é comum mulheres apresentarem dores na região lombar irradiando ou não para as pernas durante a gravidez. Com a fisio e o trabalho destes grupos musculares estes quadros de dor tendem a ser menores ou até mesmo não existirem.

Você pode marcar uma consulta com a fisioterapeuta Josimeire Nóbrega Toledo atende na Clínica Valério, localizada na Av. 9 de Julho, 96. Telefone 3961-2067.

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade