Projeto de reforma administrativa no SAAE e outros cargos não agrada servidores

Projeto de reforma administrativa no SAAE e outros cargos não agrada servidores

Publicado em 22/2/18 às 5h29
Publicidade

Na quarta-feira, a Câmara Municipal aprovou em pedido de urgência o projeto de reforma de cargos da Administração Pública Direta, Indireta e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), proposto pelo prefeito Izaias Santana.

Segundo o projeto, os cargos de referência 3,4 e 5 passam para referência 6, sendo a remuneração equivalente a R$ 1.654,28. O Projeto foi aprovado com oito votos, dois contrários e duas abstenções.

Um dos projetos aprovados pelos vereadores tratou de alteração na estrutura administrativa do SAAE criando, transformando e incorporando cargos de provimento efetivo da autarquia. Segundo Décio Moreira, presidente do Sindicato do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SINDSAAE), a reestruturação não englobou cerca de 20 servidores e o sindicato não concordou com a política da reforma proposta pelo prefeito.

Os novos cargos serão de Auxiliar de Saneamento Operacional I, Auxiliar de Saneamento Operacional II, Agente de Atendimento e Oficial de Serviços de Saneamento, todos com o vencimento correspondente a R$ 1.168,78.

Para Lucimar Ponciano (PSDB), presidente da Câmara, há outra questão que também precisa ser revista junto ao sindicato: a situação dos cargos em vacância. “Há muito para ser dialogado, mas, nesse momento, os servidores contemplados pela lei estão sendo valorizados e isso já é um primeiro passo”.

O segundo Projeto de Lei criou, transformou e incorporou cargos de provimento efetivo (PLE 01/2018) na estrutura administrativa da Prefeitura, autarquias e fundações de Jacareí, o que deve diminuir a quantidade de cargos. Foram criados os cargos de Agente de Serviços Municipais e Oficial de Serviços Municipais. O vencimento para ambos os cargos será de R$ 1.168,78.

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade