De vila a cidade: Jacareí e seu crescimento ao longo dos 366 anos

Publicado em 5/4/18 às 4h47
Publicidade

Na terça-feira, dia 3, Jacareí comemorou 366 anos de sua fundação e história. A cidade conhecida hoje como a capital da cerveja começou a ser povoado em 1652, com o nome de Nossa Senhora da Conceição da Parayba, pela iniciativa de Antônio Afonso e seus três filhos.

O povoado servia como caminho para as “minas gerais”. Em 22 de novembro de 1653, foi elevada a vila e tornou-se cidade a partir de 3 de abril de 1849. Por volta de 1790, a cidade começou a prosperar com o café no Vale do Paraíba.

Em 27 de outubro de 1700, recebeu o nome de Vila de Paraíba. Sobre a origem do nome, existem duas hipóteses diferentes. Uma delas conta que há muito tempo havia um grande número de jacarés nas lagoas e no Rio Paraíba do Sul. Durante a realização de reunião social à margem do rio próximo à lagoa, uma das pessoas observou o lago e fez uma interjeição ligada a palavra jacaré, que deu como resultado o nome Jacareí. A segunda hipótese é a palavra vir do tupi-guarani – icare-ig – que significa “Rio dos Jacarés”.

Segundo a história de Jacareí, a cidade teria começado a ser formada pela Capela do Avareí, construída em 1728. Depois, no século XIX, surgiu o Largo da Matriz que foi urbanizado na década de 1930. Atualmente, o largo da Matriz é palco das festas em homenagem à padroeira da cidade, Imaculada Conceição, que são realizadas há mais de 100 anos.

No ano de 1850, Jacareí tinha menos de 10 mil habitantes quando o Dr. Joaquim Moutinho dos Santos, médico português radicado na cidade, sentiu a necessidade de instalar um hospital. O Padre Manoel Joaquim Rodrigues da Silva abraçou a ideia de fundar uma casa de amparo aos enfermos pobres. A edificação do hospital foi feita com donativos arrecadados e pelo trabalho de escravos negros cedidos pelos senhores ricos da época. Em 1854, terminada a primeira parte da construção e feitas as instalações preliminares, a Santa Casa começou a funcionar.

Após a abolição da escaravatura e o advento da República, Jacareí se viu a frente da industrialização, garantindo empregos assalariados a ex-escravos e imigrantes europeus. O japoneses vieram para trabalhar na agricultura e os sírios se dedicaram as atividades comerciais.

Com o crescimento urbano da cidade, vieram as estradas. A inauguração da Rodovia Presidente Dutra, em 1951, proporcionou a instalação de indústrias às margens da via e ajudou na formação de bairros afastados do centro.

O Brasão, a Bandeira e o Hino Oficial da cidade foram instituídos por lei municipal em 1952, 1961 e 1969, respectivamente

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade