Ministério da Saúde esclarece dados da cobertura vacinal contra pólio em Jacareí

Ministério da Saúde esclarece dados da cobertura vacinal contra pólio em Jacareí

Publicado em 12/7/18 às 9h22
Publicidade

O Semanário publicou na edição anterior (1282), no dia 6, que a cidade de Jacareí está entre os sete municípios do Vale do Paraíba com baixas coberturas vacinais contra a poliomielite, de acordo com o Ministério da Saúde. Porém, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os dados divulgados sobre a cobertura vacinal contra a doença em Jacareí sofreram um processo de “desinformação”.

O Semanário pediu o esclarecimento da divergência dos dados para o Ministério da Saúde. Em nota, a pasta informou que a “desinformação” citada pela pasta de Jacareí vem da desatualização dos dados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI).

“É importante frisar que estados e municípios, que têm sistemas próprios de informação online, devem fazer a migração dos dados para o SI-PNI, de acordo com as orientações do DATASUS. Caso haja divergência nos dados após a migração, cabe aos gestores locais informar ao Ministério da Saúde para a correção de possíveis erros”, diz trecho da nota.

Na lista dos 312 municípios com baixas coberturas contra a pólio, Jacareí ocupa a 46º posição com apenas 14,69% da cobertura vacinal em crianças menores de 1 ano. Os dados são referentes ao ano atual e foram divulgados pela coordenadora do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde (PNI), Carla Domingues, durante reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), no dia 28 de junho. A coordenação da PNI ainda afirma emitir notas técnicas, periodicamente, para estados e municípios sobre o monitoramento e avaliação das coberturas vacinais.

Contudo, a Secretaria Municipal de Saúde informou que “houve uma desinformação nos dados divulgados pelo Ministério da Saúde”. Em nota, a pasta diz que o erro “ocorreu devido a uma questão técnica de informática entre os sistemas que computam os dados de vacinação utilizados pelo município e pelo Governo Federal”.

A secretaria informou ainda, que em 2017 a cobertura vacinal da cidade foi de 93,1% da meta para o ano e entre janeiro e maio de 2018 já aplicaram 1.004 doses contra a doença, o que corresponde a 35,62% de cobertura vacinal.

Questionada pelo Semanário sobre a atualização dos dados vacinais a Diretoria de Vigilância à Saúde reforçou que “os números em relação a vacinação da Poliomielite no município diferem dos apresentados pelo Ministério da Saúde devido a uma divergência nos sistemas. Os dados contidos no Sistema Municipal (Fast Medic) não são importados corretamente para o institucional do Ministério da Saúde (SI-PNI), o que obrigaria a Diretoria de Vigilância a ter um profissional dedicado exclusivamente para repassar os dados ao Ministério, refazendo o trabalho. Atualmente, a Secretaria de Saúde não possui o efetivo necessário para isso, causando essa divergência. No entanto, a pasta reforça que , em 2017, a cobertura vacinal foi de 93,1 % da meta para o ano (quinta dose). Já de janeiro a maio deste ano, foram aplicadas 1.004 doses, correspondentes a 35,62 % de cobertura vacinal. Por fim, a diretoria salienta que os dados são repassados mensalmente ao GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) do Governo do Estado de São Paulo.”

 

Comentários

Deixe um comentário

Publicidade